Como aumentar as suas chances de emprego com o perfil do Linkedin

Você tem um perfil no Linkedin, mas ainda não teve chances de emprego por meio dessa rede social?

Diferentemente de outras mídias sociais, o foco do site Linkedin é fazer com que o usuário mantenha relações corporativas, se conecte com empresas e profissionais da área, faça o seu marketing pessoal e também consiga um bom networking.

Essa plataforma, com mais de 400 milhões de usuários, possui diversas funções, mas muitos usuários não a utilizam da maneira correta e apresentam perfis desatualizados. Não adianta já estar empregado, é de extrema relevância preencher algumas informações no Linkedin.

Separamos para vocês algumas informações que devem estar sempre atualizadas em seu Linkedin:

  • Coloque uma foto profissional

Perfis com fotos são 21 vezes mais vistos que os sem foto. Ou seja, um perfil sem foto não é um perfil. Também não adianta inserir uma foto tipo selfie ou que você usa em outras redes sociais, é importante colocar uma foto sóbria, profissional, com fundo neutro, que mostre o rosto e que, ao mesmo tempo, demonstre a sua identidade. Não há a necessidade de colocar uma foto que mostre o corpo inteiro.

Não adianta ter várias informações relevantes, mas com uma foto sua na balada, por exemplo. Os avaliadores ou headhunters  não irão nem cogitar em te chamar para uma entrevista.  

  • Personalize o seu endereço eletrônico

Ao fazer um perfil no Linkedin, o usuário ganha um endereço eletrônico automaticamente, porém, com números e letras. Para você obter uma assinatura mais concisa e subir nas pesquisas, você precisa customizar o URL do perfil com o seu nome.  

Para fazer isso você tem que clicar no ícone “Eu”, na parte superior da página inicial do Linkedin optar por “Visualizar perfil” e, depois, “Editar seu perfil público”, ao lado direito da tela. Fazer a alteração em “Editar a URL do seu perfil público, exemplo: “www.linkedin.com/in/nome” e salve as alterações.

  • Faça um excelente resumo

No resumo tente mostrar quem é você, falar sobre os seus interesses profissionais, defina sua área de atuação, fale o que te motiva, seus conhecimentos, trabalhos e, por fim, as suas informações de contato.

Não é necessário escrever excessos de adjetivos e auto elogios, mas buscar originalidade, humildade e criatividade.

Para você se destacar com o seu resumo no Linkedin e ser encontrado com facilidade pelas empresas e outros contatos, insira palavras-chave que tenham a ver com a sua área.

  • Insira o seu título profissional

Quando você coloca o seu nome no perfil do Linkedin, logo abaixo está o seu título profissional. Esta informação é uma das mais importantes para o recrutador pois, quando ele for buscar pessoas com cargos semelhantes ao seu, ele já irá te achar com mais facilidade.

Se você for estudante, o indicado é inserir “estudante” mesmo, visto que as empresas procuram esta palavra para quem está nesta fase da vida. Já quem não está empregado no momento, não é apropriado colocar que está “desempregado” ou “procurando oportunidades”, a dica é incluir o seu último emprego ou a área que estuda na faculdade.

  • Escolha uma foto de capa que tenha a ver com você

Escolha uma foto que tenha a ver com a sua área, que possua alguma relação com você ou que tenha ambientes neutros. É uma maneira de você se comunicar com visitantes do seu perfil e deixá-lo mais atrativo.

Definir uma foto de capa também demonstra um aspecto de originalidade, inovação e transmissão de valores ligados à sua postura profissional. Use este recurso com moderação e inteligência.

  • Adicione competências

Adicionar competências no Linkedin, é uma das funções mais relevantes que você pode utilizar. Liste no mínimo cinco habilidades neste componente do seu perfil e seus contatos poderão recomendar você por elas.

Uma estratégia para você conseguir novas recomendações ou pontos em suas habilidades, é listar as principais competências de suas conexões ou, até mesmo, criar novas, caso elas não tenham muitas. Isso estimula as pessoas a fazerem o mesmo em seu perfil.

  • Siga empresas e personalidades

Um dos benefícios desta rede social é de se conectar com empresas líderes do seu segmento e personalidades. Também é importante fazer parte dos grupos relacionados à sua área. Isso faz com que você consiga acompanhar as suas novidades, discussões e até a divulgação de vagas.

Estas atividades o ajudarão na visibilidade do seu perfil profissional e a se posicionar para com os profissionais do ramo.

  • Torne o seu perfil o mais completo possível

Procure detalhar a sua experiência profissional, sem se estender demais. Busque incluir datas específicas de cada trabalho, inserir detalhadamente as atividades produzidas e os resultados alcançados naquele período.

  • Faça novas conexões

Para estabelecer um bom networking na plataforma do Linkedin, você não precisa necessariamente conhecer a pessoa que você quer fazer conexão. Adicionar pessoas que são da mesma área que você, enriquecem o seu perfil e suas chances de achar um emprego podem aumentar.

Antes de você adicionar essa pessoa, apresente-se adequadamente e diga qual é o motivo de você querer participar de sua rede de contatos.

Também é importante estar sempre interagindo com as suas conexões. Parabenize-os por suas conquistas diárias, como por exemplo uma promoção ou um cargo novo.

  • Transforme seu perfil em um blog

Com este novo recurso de compartilhar e escrever artigos, o Linkedin ficou muito parecido com um blog. Por isso, elabore textos e compartilhe matérias que se relacionam com a sua área. Isso faz com que você interaja com as suas conexões e isso pode transformá-lo em um Influencer. Experimente o Linkedin Pulse para publicar os seus artigos.

  • Tenha um perfil em outro idioma

O Linkedin possui a opção de você abrigar hospedar dois perfis com idiomas diferentes dentro da mesma URL. Isso ajuda os headhunters a procurarem um candidato com palavras-chave em inglês, por exemplo.

Para você ter um perfil com mais de um idioma, você tem que clicar no ícone “Eu”, na parte superior da página inicial do LinkedIn. Depois selecione “Idioma” e escolha a língua em que você pretende ter o perfil.

  • Revise seu perfil e suas publicações

Não se esqueça: o Linkedin não é uma rede social como o Facebook ou Instagram. Esta é uma plataforma de relacionamentos profissionais, portanto tem que haver um certo cuidado ao publicar algo.

Revise seus textos e veja se há nenhum erro de português, pois tudo será avaliado em seu perfil e esse tipo de falha pode se prejudicial à sua imagem.

  • Quer se destacar no mercado de trabalho e investir na sua educação? Conheça os nossos diversos tipos de curso clicando aqui.

0 respostas em "Como aumentar as suas chances de emprego com o perfil do Linkedin"

Deixe sua mensagem

Copyright © 2017. Tabula. Todos os direitos reservados
%d bloggers like this: